Cleveland Bay

Cleveland Bay

História

Esta é uma das raças mais antigas inglesas, e infelizmente não é uma raça que está a passar um bom momento, como veremos na continuação deste artigo. Esta raça era bastante utilizada entre os séculos XVII e XVIII como cavalo de tracção.

O seu nome revela a sua origem: Cleveland. Em relação à parte “Bay”, isto é devido à cor do seu pêlo (baio) que permanece da mesma cor desde da sua nascença até à sua morte.

Este é um daqueles cavalos que é quase completamente puro, algo que não se pode dizer da grande maioria das raças. Derivou do Chapman e a apenas possui alguns genes do Puro-Sangue inglês, e isto foi algum tempo depois da sua concepção, pois originalmente não tinha qualquer influência.

Era uma raça bastante utiliza para todo o tipo de trabalho, mas com a industrialização este cavalo deixou de ser tão utilizado, o que levou a um enorme declive no número de exemplares desta raça.

Hoje em dia tem aumentado (mas muito lentamente) o número de exemplares existentes, mas a enorme falta de éguas desta raça (actualmente estima-se que existem menos de 200 éguas Cleveland Bay), a raça encontra-se em estado crítico.

Características físicas

De bom aspecto, o Cleveland Bay é um cavalo com uma grande cabeça e um dorso forte. Relativamente comprido, dispõe de uma boa estrutura óssea e uma musculatura bem definida.

Os seus membros não são excepção, apesar de muitos acharem o contrário devido ao tamanho curto. O seu pêlo é sempre baio, pelo que qualquer cavalo que seja de outra cor nunca poderá ser considerado um Cleveland Bay.

Características psicológicas

As características psicológicas desta raça são semelhantes a muitos outros cavalos: inteligência, docilidade… É um daqueles cavalos que podemos confiar, principalmente porque já nos ajudam desde da altura que foram criados, nunca tendo passado por uma fase selvagem.

Curiosidades

O Cleveland Bay para além de um cavalo de tiro, também é bastante apto para puxar carroças. Era um dos cavalos preferidos para a agricultura antes do aparecimento das máquinas de trabalho.

Hoje em dia esta raça de cavalos marca presença nas cavalariças da monarquia britânica (a puxar carruagens), como também em competições, tanto de salto como de dressage.

Apesar de estar em perigo de extinção, este não é um perigo eminente e graças aos apreciadores desta raça existem alguns pontos espalhados pelo mundo em que se fazem todos os esforços possíveis para multiplicar os exemplares desta raça.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Cavalos:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook