Shire

Shire

História

Pela sua inigualável força e temperamento gentil, foi constantemente utilizado em guerras na Idade Média já que é um dos poucos cavalos com a força suficiente como para poder transportar todo o equipamento e a armadura de um cavaleiro assim como o peso do próprio cavaleiro.

A sua inigualável resistência e nobreza impulsou a sua participação em guerras. A inícios do século XIV importaram-se para Inglaterra cem cavalos lombardos para cruzar com as éguas nativas com o propósito de produzir um gado capaz de suportar o peso de um cavaleiro e a sua armadura.

Acredita-se que o Shire é descendente directo deste cavalo de batalha medieval, mas é pouco provável que seja a mesma raça em si, já que inclusive o Shire é demasiado grande para levar as armaduras que protegiam os cavalos de então.

Ao longo do século XIX o Shire foi uma das características essenciais da vida comercial inglesa. Para além do seu papel fundamental na economia agrícola e florestal, também trabalhos nas povoações e nas cidades no transporte de mercadorias desde dos portos e estações férreas.

A meio dos anos 40 vários cavalos Shire foram sacrificados, cerca de 100 mil para ser exacto. Foi algo tão catastrófico que não chegavam aos 100 o número de potros existentes. Felizmente graças a variadíssimos criadores a raça pôde ser continuada.

A raça desenvolveu-se para satisfazer as necessidades dos agricultores, que queriam cavalos capazes de puxar as suas carroças e carruagens, de lavrar os campos rapidamente, para além de arrastar cargas pesadas por caminhos acidentados. O seu nome deve-se à sua zona de origem.

Características físicas

Há duas características físicas que qualquer pessoa repara quando está próxima de um cavalo Shire, e essas são as suas duas marcas de raça: o seu enorme tamanho é o pêlo abundante nos cascos.

Com um tamanho médio de 180 cm e que pode facilmente ultrapassar os 200 cm, o seu peso também é fora do comum, podendo inclusive alcançar os 1000 kg. Com este grande porte ele pode (apesar de não parecer possível) carregar com 5 vezes o seu peso.

Com um aspecto bastante forte, podemos encontrar uns olhos muito grandes e escuros. A sua cauda está sempre firme, e acaba por representar exactamente a firmeza desta raça. As fêmeas são ligeiramente mais pequenas mas mais largas de anca.

Em relação ao peso, o mais popular é o preto, mas o baio e o cinzento também são duas cores perfeitamente aceites. Independentemente da cor do pêlo, a cor deste à volta dos cascos é normalmente branco.

Características psicológicas

O Shire é um cavalo bastante dócil por norma. Esperava-se um cavalo mais dominante devido ao seu enorme tamanho e forma, mas na verdade são bastante calmos e o trabalho é algo que não lhes incomoda, antes pelo contrário.

É também um cavalo bastante estável emocionalmente, pelo que dificilmente veremos um ataque de pânico ou mesmo atitudes agressivas. Este tipo de temperamento é o objectivo de todos os criadores de cavalos.

Curiosidades

A popularidade do Shire cresceu bastante na altura que começou a ser usado para trabalhos de campo. Actualmente esta raça é criada tanto na Europa com em países como Estados Unidos, Canadá, Austrália, etc.

Em certos de exibições e até mesmo em feiras não é raro ver-se cavalos Shire. A raça Shire é excelente para ser cruzada com outras raças de cavalos com intuito de criar cavalos de competição com características de campeão.

Compártelo en tu red social:
Más en Animais - Cavalos:
Aviso legal Contacto Google+ Facebook